Setor eletroeletrônico deve crescer 8% em 2019, prevê Abinee


A Abinee – Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica, divulgou hoje, 17, sua estimativa de crescimento para o setor em 2019. Pelos cálculos da entidade, haverá expansão de 8%, atingindo-se faturamento total de R$ 157,3 bilhões.

É prevista elevação de 7% na produção do setor eletroeletrônico, e consequentemente, aumento da mão de obra empregada no setor, que passará de 236 mil no final de 2018, para 240 mil no final de 2019.

As exportações deverão crescer 3% e as importações aumentarão 9%, sendo que, neste último caso, em função da própria ampliação do mercado.

Segmentos

Quanto ao desempenho das áreas que compõem o setor eletroeletrônico, as taxas de incremento deverão variar de 5%, no caso das áreas de Material Elétrico de Instalação e Componentes Elétricos e Eletrônicos, até 10% para os segmentos de Automação Industrial e Utilidades Domésticas.

Os setores ligados ao consumo deverão corresponder ao crescimento econômico e contar com a consequente melhora dos indicadores de renda e emprego.

O segmento de telecomunicações deve crescer 7%, em relação a 2018. A maior expansão virá nas vendas de celulares, que devem aumentar 8%. A receita da indústria de infraestrutura de telecomunicações deve ampliar-se em 5%. (Com assessoria de imprensa)

Anterior SP e RJ têm transporte público mais caro entre 38 cidades do mundo, diz HERE
Próximos Com ajuda da TIM Brasil, Ebitda da TI é de 8,1 bilhões de euros em 2018

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *