Setor eletroeletrônico cresce 8,5% ajudado pela venda de produtos importados


A indústria elétrica e eletrônica deve encerrar 2011 com faturamento de R$ 134,9 bilhões, um crescimento de 8,5% em relação a 2010 (em dólares, o faturamento é de 80,8 bilhões e representa um aumento de 14,4%). Os dados, divulgados hoje pela Abinee, mostram que as exportações do setor foram de US$ 7,8 bilhões, um aumento de 3,4%, enquanto as importações atingiram US$ 40 bilhões, com crescimento de 14,9%, gerando um saldo negativo de US$ 32,2 bilhões, 18,2% maior que o déficit registrado em 2010.

O gerente de economia da Abinee, Cezar Luiz Rochel, informou que passou a considerar este ano os dados de produção do IBGE, que indicam uma queda na produção física do setor elétrico de -2% e no eletrônico de -1%. “O faturamento está crescendo apesar da queda na produção e isso se deve a venda de produtos importados pela própria indústria”, explicou. O aumento das importações está relacionado a desvalorização do dólar frente ao real e a volatilidade da moeda americana, que leva a indústria local a perder competitividade, destacou o presidente da Abinee, Humberto Barbato. “O parque industrial brasileiro, construído a partir da década de 30, está sendo destruído”, lamentou Barbato. Segundo ele, a Abinee continuará insistindo com o governo para que sejam definidas políticas que ajudem o setor a ter mais competitividade.

Apesar do crescimento, o faturamento ficou abaixo das expectativas do setor, que planejava crescer 13% este ano. Para 2012, a Abinee projeta um aumento de 13% no faturamento, que deve chegar a R$ 152,5 bilhões. A entidade prevê, também,  crescimento das exportações, que devem ter alta de 5%, atingindo US$ 8,3 bilhões; e de 15% nas importações, somando US$ 46,1 bilhões.

O setor encerra o ano com 183  mil empregados, um aumento de 8,3 mil em relação ao ano anterior. O aumento, no entanto, ficou abaixo das adições em 2010, quando foram contratados 14,9 mil trabalhadores. Os investimentos do setor foram reduzidos em 14,8%, para R$ 3 bilhões.

Anterior IBM abre escritório em Uberlândia
Próximos SindiTelebrasil procura Abert para tratar da faixa de 700 MHz