Setor eletroeletrônico cresce 2,6% em agosto, segundo Abinee


(Crédito: Shutterstock Gwoeii)
(Crédito: Shutterstock Gwoeii)

A produção industrial do setor eletroeletrônico cresceu 2,6% no mês de agosto de 2016 em relação ao mesmo mês do ano passado. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), com base em informações do IBGE, esta foi a primeira vez, nos últimos 27 meses, que a produção da indústria eletroeletrônica apresentou crescimento na comparação ao igual mês do ano anterior.

O crescimento em agosto foi puxado pela expansão de 7,1% da indústria elétrica, uma vez que a indústria eletrônica retraiu-se 3,1%. Segundo o presidente da Abinee, Humberto Barbato, os números continuam a indicar sinais de reação. “Ainda não temos uma tendência de crescimento sólido. Há oscilações, mas esperamos que o pior momento tenha ficado para trás”, afirmou.

Na comparação com julho, a produção industrial do setor eletroeletrônico recuou 1,5% com ajuste sazonal. O resultado interrompeu uma série de cinco resultados positivos consecutivos da produção do setor em relação ao mês imediatamente anterior. Entretanto, a retração da produção da indústria eletroeletrônica foi inferior à queda da indústria geral, que atingiu -3,8%.

A queda acumulada na produção industrial do setor, de janeiro a agosto, alcançou 14,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Neste período, a produção da indústria eletrônica recuou 22,8% e a da indústria elétrica, 8%. Nessa comparação, o mau desempenho permanece mais acentuado do que o da indústria geral (-8,2%) e da indústria de transformação (-7,5%). (Assessoria de Imprensa)

 

Anterior Yahoo pesquisou email de usuários a pedido de agência de segurança
Próximos Anatel quer limpar faixa de 2,3 GHz para LTE e a de 2 GHz para a TV