Diagrama da cobertura de satélite pretendida pela OneWeb

A SES, operadora internacional de satélites de comunicação, anunciou um Veículo de Resposta Rápida (RRV, na sigla em inglês), uma plataforma capaz de oferecer conectividade de alta velocidade e serviços de comunicações globais adaptados a uma série de missões comerciais, civis, humanitárias e de defesa ao redor do mundo. É uma solução voltada de resposta rápida a serviços de governo de defesa, segurança e na área humanitária.

O RRV – apresentado em março no Humanitarian ICT Forum, realizado em Mountain View, Califórnia – é a primeira plataforma móvel do mundo, de acordo com a SES, a oferecer tecnologias de comunicação colaborativas sobre várias órbitas e frequências, incluindo Ku, Ka e bandas militares X e Ka, através de toda a frota GEO da SES, e através de sua constelação MEO que provê serviços semelhantes com fibra em banda Ka.

O veículo RRV pode se adaptar facilmente à conectividade personalizada para cenários específicos e aplicações como videoconferência de alta definição, vídeo streaming, voz, conexão GSM, banda larga de alta velocidade e grandes transferências de arquivos de dados em locais onde a infraestrutura é inexistente ou foi destruída.

A solução RRV é ‘plug-and-play’ e possui características modulares que podem integrar e implementar uma série de tecnologias de comunicação e dispositivos a bordo de um veículo móvel. Um exemplo é a solução ISR de Vigilância Tática Persistente (Tactical Persistent Surveillance – TPS) da SES, que hospeda opções avançadas de sensores eletro-ópticos (EO) e de carga de comunicação, projetadas para fornecer informação situacional para a segurança de fronteiras e operações, monitoramento de eventos e iniciativas de resposta a desastres. Outro exemplo, o serviço de telemedicina Satmed.

O RRV é equipado com recursos sem fio, incluindo a tecnologia de rádio SDR de Múltiplas Entradas e Múltiplas Saídas (MIMO), que fornece uma plataforma de comunicações móveis tipo malha expansiva, programável em frequência, para suportar redes privadas 3G/4G LTE e as frequências de “push to talk” (PTT) governamentais.

O veículo de resposta rápida da SES está disponível através de várias opções de compra e locação, com contratos de serviços totalmente gerenciados, permitindo flexibilidade de suprimento. (Assessoria de Imprensa)