Serviços de telecomunicações voltam a subir em janeiro


Negócio fotografia desenhado por Creativeart - Freepik.com
Negócio fotografia desenhado por Creativeart – Freepik.com

Os serviços de informação e comunicação caíram 0,2% em janeiro na comparação com dezembro de 2018, devolvendo pequena parte do ganho acumulado entre setembro e dezembro de 2018 (2,9%). No confronto com igual mês do ano passado, o resultado é positivo em 3,4%, impulsionado, em grande medida, pelo aumento na receita das atividades de telecomunicações, de portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na Internet, de desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis e de consultoria em tecnologia da informação.

É o que mostra a pesquisa mensal de serviços, divulgada nesta sexta-feira, 15, pelo IBGE. Na comparação mês a mês, os serviços de telecomunicações subiram 1,6% e 1,2% frente a janeiro de 2018. Nos últimos 12 meses, entretanto, o resultado é negativo em 1,9%, contaminado pelas quedas constantes desse serviço observadas no ano passado.

Os serviços de TI caíram 1,2% na comparação com dezembro, mas no confronto com o mesmo período de 2018, o índice é positivo em 13% e em 7,7% no acumulado dos últimos 12 meses. Os serviços de TICs tiveram trajetória semelhante: caíram 0,2% ante dezembro, mas na comparação anual cresceram 4,7% e 1%, nos últimos 12 meses.

Já os serviços audiovisuais e de agência de notícias, ainda amargam forte retração. Na comparação mês a mês recuaram 3,8% e 5,4% no confronto com janeiro de 2018. Nos últimos 12 meses a queda é de 4,6%.

Geral

Ainda de acordo com os dados do IBGE, o setor de serviços no Brasil teve variação negativa de 0,3% em janeiro frente a dezembro de 2018. Em relação a janeiro de 2018, o volume de serviços subiu 2,1%, a maior taxa desde março de 2015 (2,3%). O acumulado nos últimos 12 meses, ao passar de 0,0% em dezembro de 2018 para 0,3% em janeiro de 2019, teve o resultado positivo mais elevado desde abril de 2015 (0,6%) e permaneceu na trajetória predominantemente ascendente observada desde abril de 2017 (-5,1%).

 

Anterior Anatel nomeia novo Superintendente de Outorga e Recursos à Prestação
Próximos Produção eletroeletrônica decepciona em janeiro