Serpro vai colocar sistema para controle de orçamento em nuvem


Depois de 25 anos em funcionamento, o Siafem (Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios) desenvolvido pelo Serpro e usado por uma centena de órgãos públicos como uma ferramenta para controlar o orçamento de estados e municípios ganhará em breve uma nova versão, que funcionará via Web, por meio da computação em nuvem. …

Depois de 25 anos em funcionamento, o Siafem (Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios) desenvolvido pelo Serpro e usado por uma centena de órgãos públicos como uma ferramenta para controlar o orçamento de estados e municípios ganhará em breve uma nova versão, que funcionará via Web, por meio da computação em nuvem. De acordo com o diretor de gestão empresarial do Serpro, Antonio Sérgio Cangiano, o uso do sistema por um grande número de municípios exigiu muitas customizações do sistema, o que acabou elevando os custos de desenvolvimento. O resultado é que o Siafem, que chegou a ser usado por mais de 500 órgãos públicos, hoje é usado por apenas cinco municípios.

“O alto nível de solicitação para a customização deturpou o modelo inicial, que também se tornou obsoleto. A idéia é ter, agora, uma nova versão, para funcionar em nuvem”, comentou Cangiano, em palestra realizada hoje no 7º Wireless Mundi. Segundo ele, o uso do sistema na tecnologia de computação em nuvem, permitirá que os municípios gerem relatórios de gestão a “um custo irrisório”. A nova versão, que será testada em três municípios (Campinas, em São Paulo, um município no Mato Grosso e um terceiro, menor, que ainda será escolhido), deve começar a funcionar em 1 de janeiro de 2011. (Da redação)

Anterior Claro defende planos diferenciados para a baixa renda
Próximos RS usa backbone de elétrica para digitalizar cidades