Serpro é incluído no programa de privatização


O processo de privatização do Serpro avança mais uma etapa. Agora a estatal foi incluída no Programa Nacional de Desestatização (PND), conforme decreto publicado nesta quinta-feira,23, no Diário Oficial da União.

Com mais de 50 anos de fundada, a empresa detém dados sensíveis dos brasileiros, como o Imposto de Renda, da Receita Federal; carteira de habilitação, do Denatran; além de informações do Tesoiro Nacional, do Banco do Brasil e de outros órgãos ligados ao Ministério da Economia. A estatal também atende ao setor privado.

O Serpro tem bancos de dados do cadastro de pessoas físicas, a base de dados com todos os CPF do país. Cadastro de pessoas jurídicas: registro de todos os CNPJs. CNH digital: base de dados com todo histórico da carteira de motorista de um condutor – inclusive de suas multas. Imposto de renda: todas as informações fiscais dos brasileiros já declaradas no IRPF. Ainda detém informações do Renavam: todas as informações de veículos registrados no Brasil e de órgãos de inteligência e investigação, como a Abin e Polícia Federal: o Serpro é responsável pela infraestrutura deles.

Anterior Motorola Solutions assina contrato de US$ 23 milhões de dólares com a Marinha dos EUA
Próximos Oi vende fatia na Unitel por R$ 4,16 bilhões, segundo jornal