Serpro abre consulta pública para contratação de solução de IoT


O Serpro abriu, nesta quinta-feira, 18, consulta pública com o objetivo de colher proposta, críticas e sugestões, que servirá de base para licitação de solução gerenciamento de dispositivos de Internet of Things (IoT) com serviço de instalação, configuração e parametrização. O Serpro se posiciona como o agente integrador de tecnologias de IoT e sistemas estruturantes de governo.

Para o órgão de processamento de dados, essa plataforma permitirá o gerenciamento de dispositivos, recebimento e envio de dados além de integração com sistemas estruturantes dos governos de todos os níveis. Ela viabilizará novos negócios no universo de coisas autônomas além dos acordos de cooperação técnica já firmados com a empresa.

O projeto básico prevê o fornecimento de todos os softwares e ferramentas necessários para o funcionamento da solução e a disponibilização das s atualizações de manutenção corretiva e evolutiva que venham a ser implementadas para a solução, durante a avaliação da solução. O edital sugere também que a solução deverá permitir a sua instalação em containers possibilitando a fácil escalabilidade. O modelo deverá ser de instalação On-Premisse (dentro da nuvem do Serpro), permitindo que as atividades de monitoramento do ambiente, bem como o gerenciamento, instalação possam também ser realizados pelo órgão.

Outra premissa é de que o acesso deve ser realizado através de um protocolo seguro. Se o acesso for realizado através de uma conexão TLS, a mesma deve ser disponibilizada com criptografia mínima de 128 bits. A chave privada usada para gerar a chave de cifra deve possuir, no mínimo, 2048 bits. E a solução deverá registrar todos os acessos realizados aos serviços oferecidos pela plataforma. Deverão ser armazenados, pelo menos, os seguintes parâmetros: Identificação do requisitante (id), Recurso acessado, Data/horário da requisição.

A consulta pública ficará aberta até o dia 29 deste mês. Os questionamentos e sugestões deverão ser enviados para os e-mails: leandro.silva@serpro.gov.br, eliezer.trajano@serpro.gov.br.

Anterior Sedeh: A telecomunicação precisa de uma lei que acompanhe seu avanço!
Próximos Anatel publica reajuste das tarifas do STFC

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *