Senna deixa a TV Brasil


 Orlando Senna deixa o cargo de diretor-geral da TV Brasil, depois de oito meses . Também pediu demissão o diretor de Relacionamento da TV, Mário Borgneth. Em carta aberta ao mercado, Senna reclama da falta de autonomia de sua diretoria e da excessiva concentração de poderes na presidência da empresa, ocupada pela jornalista Tereza Cruvinel. …

 Orlando Senna deixa o cargo de diretor-geral da TV Brasil, depois de oito meses . Também pediu demissão o diretor de Relacionamento da TV, Mário Borgneth. Em carta aberta ao mercado, Senna reclama da falta de autonomia de sua diretoria e da excessiva concentração de poderes na presidência da empresa, ocupada pela jornalista Tereza Cruvinel. ( Da Redação )

Anterior "Orelhão" vai chegar em vilarejos com o dinheiro do Fust
Próximos Em maio, Tim perde participação, Vivo ganha, e Claro fica estável.