Senadora dos EUA propõe lei para fatiar gigantes da internet


Elizabeth Warren, candidata democrata às eleições de 2020, quer que empresas “utilitárias de tecnologia” com mais de US$ 25 bilhões escolham entre o mercado online, de troca ou de conexão de terceiros.

A senadora norte-americana Elizabeth Warren, candidata democrata à presidência em 2020, apresentou uma proposta para fatiar os gigantes da tecnologia como Amazon (AMZN -2%), Facebook (FB -1%) e Google (GOOGL -0,9%) como parte de “grandes mudanças estruturais no setor de tecnologia para promover mais concorrência ”.

Warren quer que a legislação designe certas empresas de OTT (Over The Top) como “utilitários de plataforma”, que seriam definidos pela receita anual global de US $ 25 bilhões e “oferecer ao público um mercado online, de troca ou uma plataforma para conectar terceiros”.

Os utilitários da plataforma seriam proibidos ser o dono da plataforma e não poderiam transferir dados para terceiros. Reguladores e partes privadas poderiam  processar as empresas  por violações às novas regras sugeridas.

Exemplos fornecidos pela senador incluem o Amazon Marketplace e sua marca interna AmazonBasics e o setor de buscas do Google ou a Apple, que teria que escolher entre administrar a App Store ou criar aplicativos. (com agências internacionais)

Anterior Leis estaduais que criam obrigações para teles são contestadas no STF
Próximos Brasil perde mais de 2,5 milhões de linhas fixas em 12 meses

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *