Senadora critica intenção de empresa de registrar domínio Amazon na internet


A senadora Vanessa Grazziotin pediu nesta segunda-feira (27) o empenho do Congresso Nacional e da população para impedir a multinacional de comércio eletrônico Amazon de obter o registro exclusivo de domínios com seu nome. Países da América do Sul alegam que o domínio não pode ser destinado a uma empresa privada, já que faz referência ao Rio Amazonas e à Floresta Amazônica.

– Não basta um envolvimento do Poder Executivo nesta questão. Não basta o governo dizer-se contrário a essa medida.  É preciso que façamos uma mobilização no Parlamento brasileiro, é preciso que façamos uma mobilização na própria internet, envolvendo o povo da nossa região e do país – disse a senadora, que registrou a existência de uma petição online sobre o tema.

Vanessa relatou sua participação, em São Paulo, de reunião com integrantes do Comitê Gestor da Internet (CGI) para tratar do problema. A decisão sobre o assunto será da Icann, corporação internacional sem fins lucrativos responsável pelo sistema de identificadores exclusivos da internet.

Segundo a senadora, de acordo com resolução de um dos órgãos de assessoramento da Icann os nomes de países, cidades e regiões devem ser defendidos. A resolução, genérica, se aplicaria à Amazônia, porque a região compreende vários países.

– O nome Amazon está diretamente ligado a sete países e não só a uma região, mas uma região que tem, em si, povos indígenas, tem uma cultura, tem uma tradição – argumentou a senadora.(Da redação, com Agência Senado)

Anterior Telefónica anuncia acordo estratégico com a russa MegaFon
Próximos Inscrições ao programa Start-Up Brasil vão até sexta-feira (31)