Senador estreante, do PP, será o novo presidente da CCT no Senado


Empresário e ex-prefeito de Goiás foi indicado por acordo entre os lideres partidários / Foto: Jefferson Rudy (Agência Senado)

O senador estreante Vanderlan Cardoso, do Progressistas (PP) de Goiás, será o presidente da Comissão de  Ciência, Tecnologia,  Comunicação e Informática (CCT). Ele terá o desafio de conduzir a retomada da tramitação do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 79/2016, que trata do novo marco regulatório das telecomunicações.

A proposta tramita no Senado desde novembro de 2016, chegou a ir à sanção presidencial, mas foi barrado por decisão judicial. Voltou em fevereiro de 2017 ao Senado e desde então tramita muito lentamente.

Cardoso foi indicado por meio de acordo entre os líderes partidários sobre as 13 comissões permanentes do Senado. Na política desde 2000, ele já foi duas vezes prefeito de Senador Canedo (GO), concorreu e perdeu duas vezes ao governo estadual.  

Ele é empresário, fundador do grupo Cicopal, que fabrica salgadinhos, com capacidade para produzir 200 quilos/hora.

Infraestrutura

Em relação à Comissão de Infraestrutura, a escolha recairá sobre o senador Marcos Rogério (DEM-RO).  É formado em direito e jornalismo, tendo trabalhado como radialista e repórter de TV. É mestre em administração pública.

Logo após ser confirmada sua indicação, Rogério fez um apelo para que o governo federal promova a restauração e a pavimentação da BR-319, que liga Manaus a Porto Velho. O senador considera que o licenciamento ambiental é o principal entrave para a recuperação da estrada. Segundo ele, trafegar pela rodovia hoje é verdadeiro rally.

Anterior Telefónica adota ferramenta de comunicação criada pelo Facebook
Próximos Receitas da Claro crescem no último trimestre de 2018