Senado dos EUA rechaça mudanças nas regras que regem a neutralidade de rede


cadeado seguranca neutralidade internet conexao ligacao 936x600

O Senado dos Estados Unidos aprovou ontem (16) texto que reverte a iniciativa da Federal Communications Commission (FCC) de suspender regras que regem a neutralidade de rede no país. A Casa aprovou o texto por 52 votos a favor, e 47 contrários.

Ainda assim, ativistas e organizações que defendem a neutralidade de rede se mostram incrédulos quanto aos efeitos práticos da votação. Isso porque a resolução do Senado agora segue para a Câmara baixa do parlamento norte-americano, onde teria de ser aprovado por maioria para ir à sanção de Donald Trump.

No entanto, não há maioria a favor de suspender a decisão da FCC, que entra em vigor dia 11 de junho. Mesmo que houvesse, o presidente Donald Trump já se manifestou contrário às regras que resultaram na neutralidade de rede, em 2014, por considerar um ataque à “mídia conservadora”, da qual se nutre. (Com noticiário internacional)

Anterior Youtube anuncia data de lançamento de app para rivalizar com Spotify
Próximos Mariana Ribas é indicada para a Ancine