Senado adia votação do PLC 116


A votação do PLC 116/2010, que unifica as normas da TV por assinatura, permite a entrada das teles no mercado de cabo e cria a política de cota de produção nacional, prevista para esta quarta-feira (10), foi adiada. O motivo foi um pedido de informações do senador Álvaro Dias (PSDB-PR).

Segundo o presidente da Casa, senador José Sarney, a matéria só volta à pauta quando chegar a resposta à indagação. Mas o próprio relator da matéria, senador Romero Jucá (PMDB-RR), achou que não havia “clima” para a votação.

Hoje à tarde, a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, chegou a pedir a Sarney a aprovação da matéria. Na avaliação da ministra, o estabelecimento de cotas pode fazer com que a produção audiovisual brasileira seja conhecida do público.

Anterior Cisco amplia receita e diminui lucro no 4º tri
Próximos Anatel vai rever mercado relevante de TV paga