Senacon notifica o Facebook por denúncia de transcrição de áudios de usuários


O Ministério da Justiça e Segurança Pública notificou o Facebook, nesta quinta-feira, 15, em razão de notícias veiculadas na mídia sobre o pagamento de terceirizados para escutarem e transcreverem áudios de usuários de seus serviços, tais como o Messenger. A empresa tem prazo de 10 dias para responder aos questionamentos.

A investigação da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério (Senacon) teve início na quarta-feira,14. O Facebook já é investigado pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor (DPDC/Senacon) em outros casos envolvendo o tratamento de dados dos consumidores.

Caso o Facebook não responda aos questionamentos no prazo estipulado, bem como se responder e houver indícios de violação de direitos dos consumidores, o órgão poderá instaurar processo administrativo, que eventualmente poderá resultar na imposição de multa.(Com assessoria de imprensa)

Anterior Para valer, MP 881 precisa ser votada até dia 27 no Senado
Próximos MP do DF estima que crimes cibernéticos causem danos de R$ 80 bi ao ano