Senacon multa a TIM em R$ 800 mil por falha na informação a usuários


Background image created by Creativeart - Freepik.com
Background image created by Creativeart – Freepik.com

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) aplicou a multa, no valor de R$ 800 mil, à TIM. Em processo administrativo, o órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, verificou que ocorreu violação do dever de informação e publicidade enganosa decorrentes do bloqueio de acesso à internet após o esgotamento de franquia de dados para consumidores do Serviço Móvel Pessoal, que passou a ser efetivada após regulamento geral editado pela Anatel em meados de 2014. 

A decisão da companhia não levou em consideração a forma como os consumidores foram informados a respeito das alterações. Nesse sentido, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Senacon constatou que a devida informação aos consumidores não foi feita de forma clara e inequívoca, afrontando a vários direitos básicos previstos no Código de Defesa do Consumidor. 

O valor definitivo da multa será direcionado ao Fundo de Defesa de Direitos Difusos. Se a empresa desistir de recorrer da decisão poderá ser beneficiada com desconto na multa aplicada. Para aplicação da sanção, foram considerados atenuantes como a adoção de providências para diminuição dos efeitos do ato. 

PUBLICIDADE

A TIM informou que ainda não recebeu a notificação do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor e seguirá com as medidas cabíveis, após tomar conhecimento do teor da decisão. 

Anterior Erro de atualização expõe dados de usuários do iFood
Próximos Novos hábitos de consumo demandam diferentes caminhos para o QoE