Senacon aplica multa de R$ 7,5 milhões à Decolar.com


A Secretaria Nacional do Consumidor multou o site Decolar.com em R$ 7,5 milhões por descumprimento ao Código de Defesa do Consumidor. Segundo apurou o órgão, a empresa vinha praticando a diferenciação de preço de acomodações (geo pricing) e negativa de oferta de vagas, quando existentes, de acordo com a localização geográfica do consumidor (geo blocking).

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor constatou que o geo pricing não é prática usual, ou seja, o estabelecimento de preços diferentes de serviços que são prestados no mesmo local e nas mesmas condições a qualquer consumidor que esteja disposto a pagar por esses serviços. Quanto à não exibição da disponibilidade total de acomodações (geo blocking), a infração à ordem jurídica é ainda mais evidente:” a Decolar.com extrapola de seu direito de praticar o comércio e de ofertar o produto, prejudicando o consumidor brasileiro, ao não mostrar serviço que não queira vender a determinado consumidor (no caso, o consumidor brasileiro)”, entende o DPDC.

Além da multa, o aplicativo deve cessar imediatamente a prática abusiva e discriminatória, sob pena de suspensão da atividade, bem como a retirada do site do ar. O valor total da sanção deve ser depositado em favor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos no prazo de 30 dias. Ainda cabe recurso da decisão.

Anterior Preparação digital do Brasil ainda é básica, diz estudo Cisco
Próximos Carapinheiro: E se fosse com a internet?