antena-ondas-sinal-conexao-espectro Powerful digital transmitter for TV, mobile and multimedia broadcast sends information signals from high tower

A Seja Digital, empresa responsável pela distribuição de kits de TV digital a inscritos nos programas sociais do governo federal, iniciou os agendamentos no último final de semana. Quem tem direito à entrega deve agendar um horário para retirar o kit, que inclui conversor de sinal e antena. Os equipamentos devem ser usados em televisores antigos, que não sintonizem o sinal de TV digital.

Serão distribuídos cerca de 1,2 milhão de kits. Para agendar, a empresa criou uma página na internet e um centro de atendimento telefônico, no número 147. O usuário precisa ter em mãos o NIS (Número de Identificação Social).

Cada família beneficiária pode escolher o ponto de retirada mais próximo à sua residência, além da melhor data e horário para buscar os equipamentos. Nos pontos de retirada disponibilizados pela entidade, os beneficiários também recebem orientação técnica sobre a instalação da antena digital e do conversor.

Apagão analógico

No dia 25 de outubro, o sinal analógico de televisão será desligado na cidade do Rio de Janeiro e em mais 18 municípios do entorno. A programação dos canais abertos de televisão será transmitida apenas pelo sinal digital.

Para continuar assistindo aos programas, todas as residências precisam ter uma antena digital e um aparelho de televisão preparado para receber o sinal digital.

Além do Rio de Janeiro, o sinal analógico de TV será desligado nas seguintes cidades: Itaguaí, Seropédica, Japeri, Queimados, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis, Belford Roxo, São João de Meriti, Duque de Caxias, Magé, Guapimirim, Petrópolis, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Tanguá e Maricá.

O processo do desligamento do sinal analógico teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.