Seis grupos apresentaram propostas ao leilão da 4G


 

As operadoras Claro e Americel; Vivo; Oi; TIM e Intelig; Sky (TV Filme de Brasília) e Sunrise apresentaram à Anatel, nesta terça-feira (5), propostas para os 273 lotes do leilão das faixas de 450 MHz e 2,5 GHz, marcado para acontecer dia 12 deste mês. A documentação somente foi recebida após a confirmação do depósito das garantias pela BMF e da regularidade fiscal das companhias.

 

Nessa primeira fase, os concorrentes tiveram que apresentar garantias de manutenção das propostas de R$ 830 milhões. Os vencedores, por sua vez, terão que apresentar garantias no valor de R$ 15 bilhões para receberem as outorgas.

As maiores garantias individuais  foram exigidas para a venda separada da faixa de 450 MHz, que não tem preço mínimo. A garantia para participar da licitação dessa frequência é de R$ 274,6 milhões e para assegurar o cumprimento das metas, a operadora vencedora terá que apresentar garantia de R$ 1,8 bilhão. Essa questão das garantias altas foi a mais reclamada pelos participantes.

A empresa de Maiami Phone Brasil chegou atrasada e não conseguiu apresentar sua proposta. Sequer tinha documentação completa, apesar de seu representante afirmar que a operadora tem interesse em atuar no país, sem informar a qual grupo está ligada.

 

Anterior Brasileiro desenvolve tecnologia para atualização de antena em lote
Próximos Pesadas garantias exigidas pela Anatel afastam novos e pequenos investidores do leilão da 4G