Segunda chamada para conexão de UBS prevê rádio e satélite


Entrou no ar nesta terça-feira (21), a segunda chamada para conectar o bloco remanescente de cerca de 8 mil postos de saúde à internet. Com isso, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), pretende aumentar a abrangência de conectividade a Internet para 16 mil Unidades de Saúde da Família espalhadas pelo país. Atualmente, o Brasil possui 42 mil postos de saúde.

A iniciativa é parte da Estratégia de Saúde Digital do Ministério da Saúde e foi articulada pela Rede Conectada MCTIC, coordenada pela Secretaria de Telecomunicações com a participação ativa de provedores regionais e prestadores de serviços de telecomunicações, como medida para o enfrentamento da pandemia do coronavírus em apoio ao Datasus.

PUBLICIDADE

Nesta segunda chamada, em locais onde não existir disponibilidade de conexão dos postos em fibra óptica, será considerada alternativa em enlace de rádio de frequência licenciada ou livre e satélite. Para quaisquer dos tipos de acesso, a velocidade será disponibilizada em função do número de equipes de Saúde da Família de cada um dos postos de saúde a serem conectados. (assessoria de imprensa)

Anterior Empresas cobram julgamento aberto do STF quanto à bitributação de software
Próximos Ericsson prevê expansão menor das vendas no 2º tri devido à Covid-19