Secretário-executivo do Minicom deixa o cargo


O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Tito Cardoso de Oliveira Neto, deixou o cargo. A exoneração, feita a pedido de Cardoso, foi publicada hoje, 11, no Diário Oficial. Segundo assessores do ministro Hélio Costa, o ex-secretário-executivo saiu porque irá participar da campanha política do senador Luiz Otávio (PMDB-PA), que poderá disputar a vaga de vice-governador do …

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Tito Cardoso de Oliveira Neto, deixou o cargo. A exoneração, feita a pedido de Cardoso, foi publicada hoje, 11, no Diário Oficial. Segundo assessores do ministro Hélio Costa, o ex-secretário-executivo saiu porque irá participar da campanha política do senador Luiz Otávio (PMDB-PA), que poderá disputar a vaga de vice-governador do Pará, em uma eventual composição "branca" com o PSDB, ou se lançar a deputado federal pelo Estado. Cardoso foi para o Minicom por uma indicação do senador Luiz Otávio.
De acordo com a assessoria do ministério, a saída de Cardoso estava prevista e ele já havia informado ao ministro que não permaneceria no cargo em função das eleições deste ano. Ele será substituído interinamente por Fernando Rodrigues Lopes de Oliveira, subsecretário de Orçamento, Planejamento e Administração do ministério. Na semana que vem, quando retornar do Japão, o ministro deverá definir quem ocupará a secretaria-executiva em caráter definitivo. Costa integra a comitiva do governo brasileiro que discute, esta semana, com empresas japonesas, possíveis investimentos industriais no Brasil em função da implantação da TV digital.

Anterior Standard & Poor's eleva ratings da RBS Participações
Próximos Anatel adia aprovação do plano tarifário para internet