Seaborn anuncia novas conexões com PTTs dos EUA e Europa


A Seaborn Networks, que opera o cabo submarino Seabras-1, anunciou hoje, 16, que firmou acordo de interconexão com seis pontos de troca de tráfego. A empresa já se conectou a três deles: AMS-IX, de Amsterdã (Holanda), DE-CIX, de Frankfurt (Alemanha) e LINX, de Londres (Inglaterra). Até o final do mês, serão ativados os links no Equinix IX SV1, em San Jose, CoreSite Anu2 IX, em Los Angeles, e Equinix IX DC4, em Ashburn – todas cidades dos Estados Unidos.

Com as novas conexões, a empresa espera potencializar os negócios com o cabo submarino, oferecendo mais possibilidades para acordo de peering. Em dezembro, o grupo anunciou que duas de suas subsidiárias entraram em recuperação judicial, a fim de reestruturar o endividamento tomado para a construção do cabo Seabras-1, já operacional, mas cuja geração de receita teria sido abaixo do esperado em função da crise na economia brasileira e do aumento da competição no segmento de rotas submarinas de transporte de dados.

O cabo Seabras-1 conecta São Paulo e Nova York, em rota direta, com ramais no Nordeste brasileiro, Caribe e diferentes cidades dos Estados Unidos.

Anterior Microsoft cria fundo de US$ 1 bilhão voltado à reversão das mudanças climáticas
Próximos Smartphone com tela dobrável da Samsung custará R$ 13 mil