Satélite da SES-9 para Ásia-Pacífico já em serviço comercial


O SES-9 entra em serviço comercial. O satélite concluiu com êxito seus testes e alcançou a sua posição orbital em 108,2 graus leste, onde se uniu ao SES-7 e irá substituir o NSS-11.

 Construído pela Boeing Satellite Systems International, o SES-9 é o maior satélite da SES para servir à região Ásia-Pacífico, com 57 transponders de alta potência em banda Ku – o equivalente a 81 transponders de 36MHz, dos quais 53 são incrementais. O novo satélite irá fornecer capacidade de expansão significativa para servir empresas de  vídeo e de celular de rápido crescimento em todo o nordeste e Sul da Ásia, Índia, Indonésia e Filipinas. Ele também será capaz de suportar uma variedade de aplicações empresariais e governamentais. (assessoria de imprensa). 

 

O SES-9 já garantiu negócios antes da entrada do satélite em serviço comercial. A SES vai co-negociar a capacidade do SES-9 com a maior empresa de serviços de telecomunicações por satélite da Indonésia, a PT Telekomunikasi Indonésia. Além disso, a Sky Cable, maior provedora de televisão por cabo nas Filipinas, assinou um acordo multi-transponder de vários anos para a transmissão de canais de DTH (Direct-to-Home) via satélite. Esta semana, a SES também firmou uma parceria com a Gilat Satellite Networks Ltd., líder mundial em tecnologia de redes por satélite, para o lançamento do SES Enterprise + Banda Larga híbrida na Ásia. Esta solução inovadora de banda larga híbrida usará a capacidade de SES-9.

Anterior Kassab quer reestruturar Conselho Consultivo da Anatel
Próximos App brasileiro ganha prêmio de Facebook