SAS lança ferramenta de IA em combate ao coronavírus


O SAS (Statistical Analysis System) lançou hoje, 28, de ferramenta baseada em inteligência artificial e machine learning que contribuirá na busca e análise de informações e descobertas relacionadas ao Covid-19.

A plataforma analisa milhares de textos, artigos e pesquisas científicas produzidas sobre a doença de modo a fornecer rapidamente respostas para os especialistas. Mais de 50 mil artigos de pesquisa científica sobre o novo e outros coronavírus foram agrupados e disponibilizados em um banco de dados conhecido como CORD-19.

PUBLICIDADE

Esses artigos incluem estudos sobre a eficácia do tratamento, o desenvolvimento de vacinas, os esforços de mitigação, além de análise genética e impacto econômico. A tecnologia permitirá analisar com mais agilidade o grande número de literatura científica disponível.

“A apuração eficaz de textos não estruturados da literatura científica requer tempo e grande mobilização de pessoal, que demanda necessidade de conhecimentos aprofundados no assunto, para categorizar e determinar a efetiva relevância”, relata Mark R. Cullen, professor de Medicina da Universidade de Stanford e Presidente do Comitê Diretor Científico de Banco de Dados de Pesquisa Covid-19.

O sistema com processamento de linguagem natural e regras linguísticas permite a exploração de assuntos como período de incubação, variações genéticas e avaliação de riscos. Além de disponibilizar a visualização de palavras-chave e dados quantitativos resumidos.

Segundo Cullen, a solução os ajuda a entender a eficácia dos tratamentos ou compreender melhor as variáveis genéticas nas mutações do vírus.

Em resposta ao Covid-19

A companhia também lançou a Análise de Cenário Epidemiológico Covid-19. Classificado como um ambiente interativo que se baseia em modelos de otimização de recursos médicos criados em conjunto com a Cleveland Clinic. Os modelos executam diferentes cenários de projeção de vírus para prever o impacto de um surto de doença e quantificar a eficácia das estratégias de mitigação da saúde pública. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Anatel muda sigilo de ligações, por ordem judicial
Próximos STF suspende julgamento de ações sobre bloqueio do WhatsApp