Sarkozy admite erros em lei antipirataria


Segundo reportagem publicada no jornal “The New York Times”, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, admitiu a falta de diálogo entre governo e comunidade digital no desenvolvimento da lei Hadopi. A lei trata de pirataria na internet e pune o usuário que recebe três advertências por supostamente ter feito download de obras protegidas. Segundo analistas, trata-se de uma maneira do presidente aliviar as tensões no país um ano antes das eleições presidenciais. (Da Redação)

Anterior Fabricante do BlackBerry revê previsões para o primeiro trimestre
Próximos Sintetel entra na justiça contra a Relacom e a Telefônica