Sardenberg na Anatel?


A notícia divulgada pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, de que o embaixador Ronaldo Sardenberg é um dos nomes cotados para a Anatel repercutiu bem no mercado. Dono de uma sólida carreira no Itamaraty, Sardenberg, que foi ministro da Ciência e Tecnologia no governo FHC depois de ter passado pela secretaria de …

A notícia divulgada pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, de que o embaixador Ronaldo Sardenberg é um dos nomes cotados para a Anatel repercutiu bem no mercado. Dono de uma sólida carreira no Itamaraty, Sardenberg, que foi ministro da Ciência e Tecnologia no governo FHC depois de ter passado pela secretaria de assuntos estratégicos da Presidência da República, tem, como padrinho de sua candidatura à presidência da Anatel, o ministro Celso Amorim. Seu nome está colocado desde o início de dezembro, conta com a simpatia da ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, e já vem sendo mencionado pelo próprio presidente Lula, segundo alguns interlocutores. Sardenberg, que desde 2003 é embaixador do Brasil nas Nações Unidas, deve deixar o cargo em função de sua aposentadoria.

Anterior Tribunal também critica fiscalização e regulação da agência
Próximos Rating da Vivax continua positivo