Sardenberg é comunicado que está fora. Nomes de Bechara e Zerboni já estão no Palácio do Planalto


A sucessão na Anatel vai ter seu desfecho na próxima semana. Ontem, o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, foi formalmente comunicado pelo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que não será reconduzido para mais um mandato. Sardenberg toca sua agenda como presidente até o último dia. Hoje está em Belém em reunião com representantes das forças militares e na próxima terça participa de audiência pública em Manaus.
Conforme havia antecipado o Tele.Síntese, os dois nomes escolhidos pelo governo Dilma Rousseff para compor a diretoria da Anatel serão dois jovens advogados: Marcelo Bechara, atual procurador geral da Anatel; e Rodrigo Zerbone, consultor Jurídico do Ministério das Comunicações. Para a presidência, assume o ex-chefe de gabinte de Paulo Bernardo, João Baptista Rezende. Os nomes dos dois futuros conselheiros já estão no Palácio do Planalto e deverão ser enviados pela presidente Dilma Rousseff para a aprovação do  Senado Federal na próxima terça-feira. O mandato de Sardenberg acaba no dia 5 de novembro, quando também se completa um ano que está vaga a outra cadeira do conselho.

Anterior Telefônica lança serviço fixo em Porto Alegre através da Vivo
Próximos Anatel marca leilão das sobras para 1º de dezembro