S&P rebaixa dívida de longo prazo da Telefónica


A agência de medição de risco Standard& Poor’s rebaixou em um degrau a classificação de crédito para longo prazo da Telefónica, de A- para BBB+. Segundo a empresa, a operadora está com uma prática “agressiva” de distribuição de dividendos e enfrenta desafios no mercado espanhol e um possível aumento dos riscos regulatórios em alguns mercados da América Latina.

A agência manteve a classificação da dívida da Telefónica no curto prazo, em A-2, e atribuiu as notas a uma perspectiva estável. No primneiro semestre do ano o lucro líquido da Telefónica caiu 16,3%, para US$ 4,49 bilhões e a receita cresceu 6,3%, para US$ 43,85 bilhões, impulsionada pelas operações latino-americanas. ( da redação com agências internacionais).

Anterior Cade arquiva acusação de cartel em serviço de banda larga
Próximos TIM mantém liderança no mercado de LDN