São Paulo é mercado de três gatos gordos, diz Falco


A Oi (ex-Telemar) vai entrar em São Paulo para competir em um “mercado de três gatos gordos”, afirmou hoje, durante a Futurecom, Luiz Falco, presidente da operadora. Segundo o executivo, a entrada no mercado do estado mais rico do país “faz parte da nossa estratégia”, pois “teremos que fazer 3G na nossa rede, e São …

A Oi (ex-Telemar) vai entrar em São Paulo para competir em um “mercado de três gatos gordos”, afirmou hoje, durante a Futurecom, Luiz Falco, presidente da operadora. Segundo o executivo, a entrada no mercado do estado mais rico do país “faz parte da nossa estratégia”, pois “teremos que fazer 3G na nossa rede, e São Paulo vem de graça”, disse, se referindo às obrigações cruzadas do edital de 3G, que impõem aos compradores das licença em São Paulo a obrigatoriedade de prestar serviço na região amazônica e no nordeste. A Oi já possui operação em ambas as regiões (Norte e Nordeste) do país e, por isso, ela se viu obrigada a comprar a licença de 2G do estado paulista.  

Falco afirmou que não vai oferecer serviços de telefonia fixa em São Paulo, e disse também que “ninguém vai a São Paulo fazer somente roaming”. Segundo o executivo, a Oi será agressiva no oferecimento de telefonia móvel no estado, mantendo a estratégia de vender aparelhos desbloqueados. “O desbloqueio veio para ficar, e se não tem a barreira do aparelho, fica mais fácil entrar”, declarou, ressaltando que para entrar nesse mercado será necessário implementar antes uma rede 2G, “pois não dá para fazer 3G sem fazer antes a 2G”.

Anterior 3G no Brasil: só falta ligar, diz Cox
Próximos Nokia paga US$ 8 bilhões pela Navteq