Santiago, ex-Oi, vai dirigir o grupo RM


Depois de 33 anos atuando em operadoras de telecomunicações, Francisco Santiago, que em julho deixou o cargo de vice-presidente de operações da Oi, vai mudar de lado do balcão. A partir de janeiro de 2012, assume a presidência do grupo RM, que tem, entre seus clientes na àrea de telecom, a Oi, a Telefônica e a Embratel e fabricantes como Huawei e ZTE. Há 12 anos no mercado, o grupo fatura perto de R$ 1 bilhão, sendo que mais de 90% das receitas vêm desse segmento.

 

A tarefa de Santiago, com longo currículo na área de operação de empresas de telecomunicações, é consolidar a atuação do grupo – RM Telecom e RM Energia – no segmento de telecomunicações e ampliar sua participação no mercado de energia. Hoje, seu segmento é o de energia eólica, em plantas localizadas nos estados do Ceará e Maranhão.

 

Embora tenha vários clientes no setor de telecom, a maior parceira da RM Telecom é a Oi. Para a operadora, além de serviços de engenharia, a empresa presta serviços de operação e manutenção. A RM surgiu no Nordeste, mas já tem projetos em todo o país – hoje 60% de sua receita é gerada em projetos no Sul-Sudeste do país.

Anterior CCT da Câmara adia mais uma vez votação do PL de crimes na internet
Próximos Siemens Enterprise nomeia novo diretor de finanças para América Latina