Samsung investirá US$ 15 milhões em P&D para a TV digital brasileira


A coreanda Samsung anunciou hoje, 10, em Brasília, que investirá US$ 15 milhões, nos próximos 30 meses, em pesquisa e desenvolvimento para dominar a tecnologia da TV digital brasileira e oferecer displays (TVs e celulares) e conversores na nova tecnologia. “Analisamos o que seria melhor: comprar a tecnologia ou desenvolvê-la e tomamos a decisão de …

A coreanda Samsung anunciou hoje, 10, em Brasília, que investirá US$ 15 milhões, nos próximos 30 meses, em pesquisa e desenvolvimento para dominar a tecnologia da TV digital brasileira e oferecer displays (TVs e celulares) e conversores na nova tecnologia. “Analisamos o que seria melhor: comprar a tecnologia ou desenvolvê-la e tomamos a decisão de desenvolver”, disse Benjamin Sicsú, vice-presidente de novos negócios da Samsung para América Latina, que esteve reunido no início da tarde com o ministro das Comunicações, Hélio Costa. Junto com Sicsú estavam executivos coreanos da Samsung.

 A coordenação das pesquisas será feita pelo centro da empresa em Manaus, onde deverão ser mobilizados 50 engenheiros para o projeto. Além do Brasil, a Samsung tem centros de P&D na China, Japão, Polônia, Inglaterra e Coréia. De acordo com Sicsú, todos irão trabalhar nas pesquisas da TV digital brasileira. Os centros do Japão e da China vão se dedicar a pesquisar o sistema de modulação. O sistema de compressão de áudio e vídeo (MPEG4) será pesquisado na Coréia. E os centros da Inglaterra e da Polônia pesquisarão interatividade.

Auto-suficiência

Conforme Sicsú, em um primeiro momento serão treinadas equipes no Brasil e o desenvolvimento de produtos será feito fora. Em um segundo momento, haverá o desenvolvimento conjunto de produtos. “No dia em que houver o primeiro produto à venda de TV digital no Brasil, teremos auto-suficiência de software e hardware. Isso nos garante que vamos desenvolver qualquer tipo de  produto que o mercado demandar”, completou o executivo.

Sicsú afirmou que o objetivo da companhia é ter protótipos de produtos da TV digital quando o sistema experimental entrar no ar. Segundo ele, a empresa terá que entrar em coordenação com as emissoras de TV para testar os equipamentos que pretende colocar no mercado. A estimativa da Samsung é de que os primeiros produtos estejam nas prateleiras no início de 2008. Antes disso, apenas protótipos.

Ele afirmou que Samsung não necessariamente irá esperar as especificações das inovações brasileiras que serão definidas pela Câmara Executiva do SBTVD. “Já vamos começar a trabalhar”. A gente já tem centros de pesquisa que já têm domínio da tecnologia, já conhecem várias das coisas. O ministro Hélio Costa elogiou a iniciativa da Samsung. "Estamos fascinados com o prestígio que a Samsung está dando à TV digital brasileira", afirmou o ministro. Amanhã, Costa irá à Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais, que disputa sediar um dos centros de desenvolvimento de chips para a TV digital.

 

Anterior Telemar diz ter 500 mil clientes em planos de minutos
Próximos Em processo de falência, Satmex vai a leilão.