Samsung apresenta seu processador móvel com 5G integrado


A Samsung anunciou hoje, 4, seu mais recente processador móvel, o Exynos 980. O produto é o primeiro chip móvel da companhia a ter modem 5G integrado. Segundo a empresa, o silício foi criado com objetivo de baratear o acesso à tecnologia de quinta geração.

“Com o Exynos 980 com 5G integrado, a Samsung está tentando tornar o 5G mais acessível a uma ampla variedade de usuários”, disse Ben Hur, vice-presidente de marketing de sistemas LSI da Samsung Electronics.

O modem do novo processador móvel suporta redes 2G a 5G, fornecendo uma velocidade rápida de downlink em gigabit em 4G LTE e até 2,55 gigabits por segundo (Gbps) em 5G sub-6-gigahertz (GHz). O modem também suporta conectividade dupla que combina conectividade LTE e 5G para maximizar a velocidade de downlink móvel em até 3,55Gbps. Além disso, o suporta o novo padrão WiFi 6, IEEE 802.11ax.

O processador tem dois núcleos de CPU Cortex-A77 e quatro núcleos Cortex-A55. Para jogos realistas e experiências imersivas de realidade mista, o processador vem com o GPU Mali-G76.

Ele tem ainda recursos de processamento de inteligência artificial. A unidade de processamento neural (NPU, sigla em inglês) apresenta desempenho até 2,7 vezes maior, em relação ao seu antecessor, e foi incorporada ao Exynos 980 para fornecer novos níveis de inteligência no dispositivo. Com a NPU prontamente disponível no chip, as tarefas de AI são processadas diretamente no dispositivo, e não descarregadas para um servidor, proporcionando melhor privacidade e segurança dos dados.

O Exynos 980 tem suporte a câmeras com sensor de até 108 megapixels (MP). O processador avançado de sinal de imagem (ISP, sigla em inglês) suporta até cinco sensores individuais e é capaz de processar três simultaneamente para aparelhos com várias câmeras.

O chip entrará em produção até o final deste ano. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Senado aprova texto que obriga cobertura móvel em rodovias
Próximos Anatel aprova vista de 120 dias para decidir sobre caso da AT&T e futuro da Sky

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *