Samsung anuncia Galaxy Note 8


Samsung garante que tomou medidas para evitar que o modelo tenha problemas de bateria, como a geração anterior, que explodia. Novo modelo tem tela de 6,3 polegadas, câmera dupla na parte traseira, mais memória e velocidade de processamento.

galaxy-note-8

A Samsung anunciou hoje, 23, o Galaxy Note 8. Trata-se do novo topo de linha da companhia sul-coreana. O smartphone tem tela grade, caneta digitalizadora, câmera dupla na parte traseira. O aparelho começa a ser vendido primeiro nos Estados Unidos, por preço ainda não revelado, em 15 de setembro.

Com o lançamento, a empresa espera relegar ao passado o fiasco do Note 7, o smartphone que pegava fogo e explodia. O desastre custou bilhões à companhia em recalls, reparações ao consumidor e investimento em marketing.

Dessa vez, garante que tomou uma série de medidas para prevenir que haja qualquer problema similar. A empresa anunciou um programa de 8 testes feitos na fábrica para prevenir problemas com bateria: teste de durabilidade, inspeção visual, raio-x, teste de carga e descarga, teste de volatilidade dos elementos, teste de desmontagem, teste voltagem e teste de uso intenso.

Especificações

galaxy-note-8-carro

O Galaxy Note 8 vem com processador de 10 nm, 6 GB RAM, entrada para cartões MicrosSD, 64 GB de armazenamento interno padrão (haverá versões com até 256 GB, conforme o mercado e a operadora). Tem a solução Knox, de segurança, comum nos aparelhos da empresa.

Faz identificação de usuários pela íris, além da impressão digital. Resistêcia IP68 a água e poeira. Carrega a bateria de 3.300 mAh sem precisar de fios, atrás de um acessório. O modem celular é um LTE Cat. 16, que em teoria pode alcançar velocidades de download de até 1 Gbps.

O sistema operacional é o Android 7.1.1. O processador, um Exynos, tem oito núcleos. Serão dois sabores, um com quatro núcleos de 2,3 GHz e quatro de 1,7 GHz. Outro com quatro de 2,35 GHz e quatro de 1,95 GHz. A tela é “infinita” (se estende até as bordas), como é tradição da linha. São 6,3 polegadas, em proporção 18,5:9, e resolução quad HD+ (2.960×1.440 pixels). A densidade de pixels é de 521 ppi.

Câmeras

A Samsung manteve a tendência do mercado de apostar nas câmeras duplas. Mas buscou se diferenciar, colocando estabilização óptico de imagem nas duas lentes das câmeras traseiras.

Uma das câmeras é grande angular, e tem sensor de 12 MP (F1.7). Outra tem zoom maior, também 12 MP (F2.4). A combinação de ambas resulta em imagens mais claras quando capturadas em ambientes escuros, combinação e nitidez melhorados de planos. A câmera dianteira tem 8 MP de resolução, com autofocus (F1.7).

S Pen

Galaxy-Note8_Orchid-Gray

Ponta mais fina e novo sensor de pressão, mais sensível. Também pode ser usada em praticamente toda a extensão da tela. A Samsung eliminou pontos cegos da tela, em que a canetinha simplesmente não pegava. Para dar algo aos fãs da caneta fazer, a fabricante acrescentou um aplicativo de colorir desenhos, similar aos livros de colorir para adultos que fizeram sucesso em 2016.

Acrescentou o aplicativo Live Messages, que usa desenhos feitos pelo usuário, ou fotos, para fazer animações. Colocou o aplicativo de notas também na tela de desbloqueio, permitindo dois toques da caneta para afixar uma nota na tela. A seleção de conteúdo ficou mais inteligente, e a caneta agora é capaz de identificar quanto o usuário está querendo copiar um valor monetário, por exemplo, ou traduzir uma frase.

Bixby e Dex

O assistente visual e de voz da Samsung também recebeu melhorias exclusivamente para o Note 8. Segundo a empresa, o usuário pode simplesmente conversar com o aparelho para ter a resposta desejada. Além de tirar fotos de objetos para obter informações de produtos. Ontem, o Bixby, em inglês, foi liberado para 200 países, inclusive Brasil.

A novidade é a função Quick Command. O usuário define uma série de ações que o Bixby deverá fazer ao receber uma ordem. Um exemplo apresentado hoje foi o comando “Fotografar comida”. O Bixby abriu a câmera, tirou foto de um prato de comida, com especificações de imagens ajustadas para esse tipo de objeto, fechou o aplicativo da câmera, abriu o gerenciador de documentos e armazenou a imagem na pasta de Fotos de Comida.

O Dex, dock station para transformar o celular em um computador, acoplando-o a um monitor, teclado e mouse, foi melhorado. O sistema ficou inteligente e capaz de adaptar aplicativos usados apenas com os dedos para o conjunto teclado e mouse. Também ganhou recursos de compartilhamento de desktop em tempo real, para trabalho colaborativo.

A empresa não revelcou ainda previsão de lançamento, nem o preço, no Brasil.

Anterior Kassab e presidentes das maiores teles reúnem-se com Eunício de Oliveira pelo PLC 79
Próximos André Figueiredo apresenta projeto com menos integrantes ao Comitê Gestor da Internet