Rumores de mudança na TIM derrubam ações da empresa


As ações da TIM Part lideraram o índice de maiores baixas da BM&FBovespa nesta quinta-feira — às 14h24 a ação ON estava valendo R$ 10,63, uma queda de 6,01%; no fechamendo do pregão registrava queda de 5,65%, cotada a R$ 10,67.  O movimento que afetou o desempenho das ações da operadora se deve, possivelmente, aos rumores de que haverá mudança no comando da TIM Brasil. O jornalista Lauro Jardim, no blog Radar On-Line da Revista Veja, noticiou hoje como certa a saída de Luca Luciani da presidência e sua subsituição pelo diretor-financeiro da Telecom Italia, Andrea Mangoni. A informação não foi confirmada pela assessoria de imprensa da TIM Brasil.

Chips

A provável queda do principal executivo da operadora italiana no Brasil estaria vinculada à uma investigação que está sendo feita na Itália pelo Ministério Público de Milão. As informações que são públicas, pois constam do relatório anual da TIM Participações enviado à SEC (a bolsa de Nova York), dão conta de que a Procuradoria Pública de Milão comunicou a Telecom Italia sobre a conclusão da investigação preliminar. E informa que a Procuradoria diz que os executivos investigados estariam dificultando os trabalhos de investigação. Entre os três executivos está Luca Luciani que, a época a que se refere a investigação (entre 2006 a 2008), trabalhava na Telecom Italia.

De acordo com o jornal italiano “Il Sole 24 Ore”, Luciani e outros diretores da operadora italiana estão sendo investigados por problemas “técnico-contábeis” na distribuição de chips na Itália. Segundo as denúncias, teria sido informada uma quantidade de chips maior do que os efetivamente comercializados.

A assessoria de imprenda da TIM não confirmou a informação. (Da redação).

Anterior Justiça nega liminar às teles para abertura dos contratos da Telebras
Próximos Cisco tem nova diretora no Brasil