Rodrigo Abreu deixa o comando da TIM


A Telecom Italia decidiu mudar o comando da TIM Brasil, hipótese que já era cogitada desde o início do mês. Fato relevante divulgado hoje pela TIM Participações confirmou que Rodrigo Abreu não terá seu contrato de três anos renovado para o cargo de diretor presidente e em seu lugar ficará Stefano de Angelis, ex-presidente da Telecom Argentina.

Segundo o comunicado, Abreu apresentou seu pedido de renúncia. Sua gestão à frente da operadora marcou uma mudança cultural importante além de expansão significativa na área de redes, ocupando a liderança na cobertura 4G, e de qualidade do serviço. A operadora reconquistou, sob seu comando, a segunda posição no ranking das operadoras móveis brasileiras, superando a Claro.

Além da direção geral da Telecom Argentina, De Angelis ocupou várias posições no grupo Telecom Italia, como chefe de consumer e PME da operadora na Itália e ainda CFO da TIM Brasil.

A mudança no comando das operação brasileira estava na pauta de analistas desde que a francesa Vivendi ganhou mais poder no controle de todo o grupo italiano, inclusive sobre a TIM Brasil. Esse movimento teria, inclusive, sido o responsável pela saída do ex-CEO Marco Patuano.

A nomeação de De Angelis,  conforme fontes italianas, seria para assegurar mais controle sobre a  subsidiária brasileira. E possivelmente sintonizá-la à estratégia da Vivendi de se concentrar mais em conteúdo e no mercado de telecom europeu. Ou seja, torná-la um ativo interessante para uma possível venda no momento certo.

 

Anterior Déficit na balança comercial de eletroeletrônicos despenca 48%
Próximos Dilma publica decreto com novo cronograma de TV digital