RNP implanta rede acadêmica no Caribe


A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) é a responsável pela construção de estrutura de internet avançada para interligar instituições de ensino e pesquisa do Caribe. Em sua primeira fase, a iniciativa batizada de C@ribNET conectará, a uma velocidade de 155 Mbps, 31 instituições de 13 países da região, mais a República Dominicana. Isso permitirá que os pesquisadores locais passem a integrar o movimento global de pesquisa científica colaborativa.

O projeto, orçado em 10 milhões de euros, está sendo financiado pela União Europeia, sob administração do Banco Mundial. Para conduzi-lo, a RNP participou de uma licitação aberta pelo Caribbean Knowledge and Learning Network (CKLN) – a Rede Caribenha de Ensino e Conhecimento. A instituição brasileira foi escolhida em razão do seu know how no trabalho à frente da RedCLARA, iniciativa congênere na América Latina que conecta 15 redes nacionais de ensino e pesquisa.

O fornecimento dos circuitos ficará a cargo da operadora de telecomunicações Lime, subsidiária caribenha da britânica Cable & Wireless, vencedora da licitação. O contrato prevê a instalação dos circuitos e a construção dos locais que receberão os roteadores, que serão fornecidos pela Illuminat, de Antígua, por um valor de US$ 1,8 milhão. Após a primeira etapa ser encerrada, deverá iniciará a segunda, quando instituições dos demais países da região serão conectadas à rede.

O Caribe é até o momento a única região do mundo desprovida de rede de conexão entre as unidades de pesquisa.(Da redação)

Anterior Participação do Fundo Tâmisa na Telebras chega a 20%
Próximos Dell e Intel oferecem dezenas de vagas pelo site Monster