RNP e Angola Cables criam primeiro PTT acadêmico da AL


A Angola Cables e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) firmaram parceria para a construção de um ponto de troca de tráfego (PTT) em âmbito mundial e voltado exclusivamente para a troca de tráfego científico e acadêmico que é formado por dados, informações, pesquisas, estudos e artigos da comunidade de ensino e pesquisa mundial. O PTT estará instalado no centro de dados da Angola Cables, localizado na Praia do Futuro, em Fortaleza, onde a multinacional de Telecom concentra seus três grandes empreendimentos no Brasil – dois cabos submarinos, Monet e SACS e um data center.

Para receber o GXP (do inglês Global Exchange Point) da RNP nas suas dependências, a Angola Cables mostrou potencial para atender a todos os requisitos necessários para a realização desta parceria, entre os quais conectividade, capacidade, baixa latência e rota expressa para África. O empreendimento, na avaliação da entidade de pesquisa, é um grande passo para facilitar a interconexão com outras redes acadêmicas e atender às demandas de grandes fluxos de dados da comunidade científica.(Com assessoria de imprensa)

Anterior Domínio ".br" atinge a marca de 4 milhões de registros
Próximos Governo marca licitação de serviço em nuvem para o dia 18