RIM processa a Motorola


A canadense Research In Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, abriu processo contra a Motorola, acusando a empresa de violação de patentes e de cobrança de taxas elevadas de licenciamento. A ação civil, iniciada na sexta-feira (15) num tribunal do Texas, alega que a Motorola infringiu algumas patentes da RIM, incluindo a tecnologia que permite aos …

A canadense Research In Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, abriu processo contra a Motorola, acusando a empresa de violação de patentes e de cobrança de taxas elevadas de licenciamento. A ação civil, iniciada na sexta-feira (15) num tribunal do Texas, alega que a Motorola infringiu algumas patentes da RIM, incluindo a tecnologia que permite aos usuários de telefones celulares usar a tecnologia de rede sem fio WiFi.

Nenhuma das alegações da companhia canadense foi provada, até agora, no tribunal. A base de doze milhões de assinantes pelo mundo da RIM inclui executivos, políticos e profissionais que dependem do BlackBerry para enviar emails. (Da Redação, com noticiário internacional)

Anterior Nokia e Google em parceria para busca em celulares
Próximos Proteste cobra esclarecimentos sobre mudanças na política de telecom