RFID: Taggen vai distribuir produtos da Alien Technology


ondas frequencia wikimediaA Taggen Soluções IoT acaba de ser certificada para distribuir no Brasil produtos da  Alien Technology, fabricante de soluções com tecnologia RFID (identificação por radiofrequência, da sigla em inglês). Nessa etapa inicial, serão vendidos no mercado nacional leitores, antenas e acessórios para a identificação por radiofrequência.

“Os produtos desenvolvidos pela  Alien®  são considerados os mais avançados do mundo, para implementações de soluções com a tecnologia RFID, devido à capacidade, velocidade de leitura, robustez e inteligência embarcada. É possível associar as leituras a uma diversidade de soluções de processamento dos dados, que agregam funcionalidades, velocidade e inteligência ao trabalho de identificação e rastreabilidade de objetos”, explica Werter Padilha, CEO da Taggen.

Como distribuidora certificada, a Taggen terá estoque local e fornecerá suporte técnico e treinamento aos integradores, além de fornecer um midleware RFID, que reduz o tempo de desenvolvimento das soluções.

Ao incluir essa parceria comercial ao seu portfólio, a Taggen visa fortalecer seu posicionamento como fornecedora de ferramentas e equipamentos para integradores de soluções, oferecendo conhecimento tecnológico, consultoria e inteligência de negócios para seus clientes que atuam em diferentes setores, como agronegócio, varejo, logística, indústria, bens de consumo, transporte, defesa, entre outros.

Os equipamentos da Alien Technology permitem que os clientes melhorem a produtividade, o controle de processos, a segurança e o rastreamento de itens e ativos.
“Com os produtos da Alien será possível a criação de soluções industriais, logísticas e de varejo, otimizando processos em qualquer um desses setores. Os leitores Alien permitem que parte do software do cliente seja embarcado no leitor, trazendo velocidade e minimizando a necessidade de infraestrutura de servidores”, explica Mario Prado, CTO da Taggen.

Adicionalmente, a Taggen fornecerá consultoria e todo o suporte técnico às empresas integradoras de soluções que desejarem se tornar revendas e trabalhar com estes equipamentos. Os treinamentos serão fornecidos por uma equipe técnica especializada e previamente certificada no próprio centro de excelência em RFID da Alien nos Estados Unidos.

RFID e IoT

Segundo Prado, a adoção da tecnologia de RFID no Brasil ainda está defasada em comparação com outros países. Ele relata que, no mundo, os segmentos mais fortes no uso do RFID são varejo de moda, logística, controles industriais e controles de ativos. Tem crescido a penetração da tecnologia na indústria 4.0, com a Internet das Coisas (IoT). A tecnologia permite que seja implementado o primeiro passo para uma conexão confiável dos equipamentos às redes. Estudos apontam que o mercado global de RFID deverá comercializar 6 bilhões de etiquetas em 2017, sendo que este número tem crescido, em média, cerca de 40% ao ano.

Quanto ao Brasil, projeções da consultoria Frost & Sullivan apontam que o mercado nacional de IoT deve alcançar receitas US$ 3,29 bilhões até 2021, envolvendo hardware (módulo de conectividade e outros componentes), software e serviços diretamente ligados a soluções IoT.

O potencial do mercado é promissor, na opinião de Prado, já que o governo federal divulgou um estudo sobre esse ecossistema e lançou as metas para o Plano Nacional de IoT (2017-2022), cujas verticais priorizadas já foram definidas: saúde, rural, cidades inteligentes e manufatura. O governo incluiu RFID neste plano, o que deve abrir , esperam os executivos da Taggen, uma série de oportunidades para empresas que desejam investir nessa tecnologia. (Com Assessoria de Imprensa)

Anterior Novo cabo submarino ligará Brasil, África do Sul e Índia
Próximos Bondholders lançam tréplica contra conselho da Oi