logo-yahooAlém da previsível queda das ações, já que os analistas de mercado avaliam que a revelação de que um ataque de hackers violou dados de mais de um bilhão de usuários de contas do Yahoo em 2013 pode ter forte impacto na concretização da compra do portal da internet pela operadora norte-americana Verizon pelo valor acertado em julho (US$ 4,8 bilhões), os reguladores europeus já entraram em campo cobrando explicações dos dirigentes da empresa. Segundo agências internacionais, os comissários de proteção de dados da Grã-Bretanha e da Irlanda querem saber como os cidadãos de seus países foram afetados.

Esta é a segunda vez em cinco meses — a outra foi em agosto de 2016 — que a direção do Yahoo é obrigada a vir a público para informar que hackers violaram os dados de seus usuários. Ontem, dia 14, comunicado da empresa revelou que, em 2013, mais de um bilhão de contas de seus usuários tiveram seus dados pessoais (nomes, endereços de e-mails, datas de nascimento e telefones) roubados por hackers. O ataque também envolveu algumas senhas criptografadas na tecnologia MD15 e perguntas e respostas de segurança criptografadas ou não.

Diferentemente do ataque de 2014, que atingiu 500 milhões de contas, o Yahoo disse não ter identificado um perfil de ataque. Naquele época sugeriu que o hacker era ligado a um governo interessado nos dados.

Verizon

Como no episódio anterior de vazamento de dados de clientes do Yahoo, a direção da Verizon foi cautelosa em sua manifestação. Disse que “acompanharia o impacto desse novo acontecimento antes de chegar a suas conclusões finais”. Mas analistas de mercado, que já apostavam que revisaria para baixo sua oferta pela compra do Yahoo por US$ 4,8 bilhões depois do anúncio do primeiro vazamento, agora dão como certo que, se o negócio não for pelo ralo, a operadora vai pagar muito menos pela empresa de internet.

Se a Verizon estava buscando um desconto de US$ 1 bilhão na negociação, agora ela vai buscar US$ 2 bilhões”, opinou um especialista em cyber segurança. Para empresas da área de segurança e prevenção à fraude, o episódio impacto a confiança dos usuários e um reflexo disso é a queda das ações do Yahoo após a revelação do ataque. (Com noticiário internacional)