Qualidade do celular em debate no Senado nesta quarta-feira


 

Os investimentos que estão sendo feitos pelas operadoras de telefonia móvel para garantir a qualidade dos serviços no país voltam a ser debatidos no Senado nesta quarta-feira (12) na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). Depois de anunciar ao Senado, em agosto, que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) faria acompanhamento trimestral da qualidade dos serviços prestados pelas empresas de telefonia celular, o presidente da autarquia, João Batista de Rezende, retorna à Casa para apresentar os primeiros resultados do trabalho.

 

A Anatel fiscalizou nos últimos meses a concretização dos planos de investimentos apresentados pelas operadoras no fim de julho. Na avaliação dos senadores, é inconcebível que o país, em meio ao crescimento econômico que vive e prestes a receber eventos de grande porte como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, ainda enfrente inúmeros problemas na prestação do serviço de telefonia móvel.

 

O presidente da CCT e autor do requerimento para realização da audiência, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), justificou o debate afirmando que o país precisa de qualidade e estabilidade nos serviços e também de uma política de investimentos adequada para o setor.

PUBLICIDADE

– É notório que o fluxo de investimentos pelas operadoras está aquém do necessário para o forte crescimento tecnológico e da demanda – afirmou.

 

Além da presença do presidente da Anatel, a audiência pública tem como convidado o diretor executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), Eduardo Levy. A reunião está marcada para as 9h, na sala 13 da ala Alexandre Costa.(Agência Senado).



Anterior Google evitou pagar US$ 2 bilhões em impostos com transferências para Bermudas
Próximos Ericsson perderá parceira na joint-venture ST-Ericsson