Remessas de lucros e dividendos somaram US$ 30 bilhões em 2010


As empresas estrangeiras aumentaram seus investimentos diretos no mercado brasileiro e tiveram também um sensível incremento na remessa de lucros e dividendos para suas matrizes no ano passado. Conforme o relatório do setor externo divulgado hoje pelo Banco Central, entraram no país em 2010 US$ 48,5 bilhões, quase o dobro de 2009. Embora em valores absolutos esses investimentos são os maiors já registrados, em relação ao PIB (Produto Interno Bruto), ainda estão abaixo dos valores aportados no Brasil antes da crise de 2008.

Para as matrizes das empresas estrangeiras, o ano de 2010 foi bem robusto. As remessas totais líquidas de lucros e dividendos, conforme o BC, somaram US$ 30,4 bilhões, acréscimo de 20,4% em relação a 2009. Aumentaram também as transferências com royalties e licenças, que atingiram US$ 2,5 bilhões no ano, acréscimo de 18% em relação a 2009. O déficit em serviços de computação e informações foi de US$ 3,3 bilhões em 2010, 27,4% superior a 2009.

Leia aqui o comunicado do Banco Central

Anterior Aberta consulta pública sobre liberdade tarifária nas chamadas internacionais
Próximos Corte da VU-M pode acelerar substituição do fixo pelo móvel, avalia banco.