Regulador inglês quer BT cedendo fibra apagada a concorrentes


A Ofcom, agência reguladora do mercado britânico de telecomunicações, propôs, na última semana, que a British Telecom (BT) ceda a seus concorrentes sua malha de fibra apagada fora da região metropolitana de Londres. A medida faz parte das iniciativas para regular o mercado de atacado, dominado pela ex-estatal. A companhia já é obrigada a alugar infraestrutura de rede a concorrentes por preços regulados.

Pela proposta, a companhia deverá ceder a fibra apagada fora da capital inglesa, uma vez que a agência enxerga competição plena em Londres. Os concorrentes terão acesso físico à infraestrutura, e terão direito de administra as conexões de forma independente da BT. Segundo a Ofcom, a medida vai aumentar as oportunidades dos competidores de criar pacotes de alta capacidade de conexão, a preços aceitáveis pelos clientes.

A medida faz parte de uma grande revisão do mercado de telecomunicações feita pela Ofcom. Entre outras medidas já anunciadas pelo regulador, estão a exigência de qualidade mínima de serviço e performance da Openreach, divisão de atacado da BT que entrega serviços às concorrentes mas que, segundo a Ofcom, atrasa frequentemente a instalação de novas redes contratadas.

Todas estas propostas, no entanto, serão avaliadas em consulta pública até 31 de julho. Uma decisão deve ser tomada apenas no começo de 2016. O acesso à fibra apagada, se aprovado, entraria em vigor apenas em abril de 2017.

 

 

Anterior CCT do Senado aprova projeto de incentivo ao setor de semicondutores
Próximos Credores aprovam transferência de dívida da PT Portugal para subsidiária da Oi