Reestruturação de atuação da Intelig vai direciona-la para clientes rentáveis


A TIM apresentou nesta quarta-feira (31) o resultado para o segundo trimestre do ano, em que a receita bruta do segmento fixo totalizou R$ 285 milhões, queda de 31,1% na comparação ano a ano. De acordo com a companhia, a queda se deve à reestruturação de negócios da Intelig, que teve início no segundo trimestre de 2012 e deve ser concluída no final do ano. 

A reestruturação é para estabelecer um novo foco de atuação da Intelig, explicou Rodrigo Abreu, presidente da TIM Brasil, voltado para maior rentabilidade. O executivo informou que espera estabilização da Intelig a partir do segundo semestre. “Estamos fazendo modificações da unidade para continuar atuando de maneira estável, com foco estavel, priorizando o atendimento em regiões onde temos fibra e infraestrutura própria”.

O segmento fixo inclui também a TIM Fixo e o Live TIM. A base de clientes do Live TIM somou 26,4 mil, com adição líquida de 17,1 mil no segundo trimestre, ante 9,7 mil no primeiro. A adição líquida de clientes vem acelerando: no 3T12 a expansão foi de 26%, no 4T12 de 69% e no 1T13, de 73%. De acordo com Rogério Takayanagi, diretor presidente da TIM Fiber, o Live TIM já concentra 38% do mercado de ultra banda larga (acima de 34 MB). (Da redação)

 

Anterior America Net: uma pequena empresa de grandes ambições
Próximos Ministros vão a Washington obter informações sobre espionagem eletrônica