Redução da tarifa fixo/móvel faz conta de telefone cair 4,44%, diz IBGE.


O impacto dos gastos com comunicação no IPCA foi negativo, de -0,06 pontos percentuais. A maior queda dessas despesas foi verificada em Porto Alegre (RS), com redução de 2,11%, seguida da queda no Rio de Janeiro (RJ), de 1,81%. Nas demais capitais pesquisadas os gastos com esse segmento ficaram em -1,41% em Brasília (DF); -1,17% em Recife (PE); -1,09% em São Paulo (SP); -0,80% em Belém (PA) e -0,79% em Belo Horizonte (MG).

(Crédito: Shutterstock/ Stockphoto)
(Crédito: Shutterstock/ Stockphoto)

A redução média de 18% ocorrida nas tarifas de telefonia nas ligações de fixo para móvel, a partir de 27 de fevereiro, contribuiu para a queda dos gastos com comunicação em março, de 0,14% para -1,26%. Com a queda, a conta de telefonia fixa ficou 4,44% mais barata. É o que mostra o cálculo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês de março, divulgado nesta quarta-feira pelo IBGE. A taxa, no entanto, apresentou variação de 0,92% e ficou acima da taxa de 0,69% registrada no mês de fevereiro em 0,23 pontos percentual.

O impacto dos gastos com comunicação no IPCA foi negativo, de -0,06 pontos percentuais. A maior queda dessas despesas foi verificada em Porto Alegre (RS), com redução de 2,11%, seguida da queda no Rio de Janeiro (RJ), de 1,81%. Nas demais capitais pesquisadas os gastos com esse segmento ficaram em -1,41% em Brasília (DF); -1,17% em Recife (PE); -1,09% em São Paulo (SP); -0,80% em Belém (PA) e -0,79% em Belo Horizonte (MG).

Segundo o IBGE, o IPCA divulgado hoje se constituiu na maior taxa referente a março desde 2003, quando o índice atingiu 1,23%. Com isto, o primeiro trimestre deste ano ficou com variação de 2,18%, acima da taxa de 1,94% de igual período de 2013. Considerando os últimos 12 meses o índice foi para 6,15% e ficou acima dos 5,68% relativos aos doze meses anteriores. Em março de 2013 a taxa foi de 0,47%. As despesas com alimentos foram as que mais contribuíram para a alta.

Anterior UE invalida regra de guarda de dados por operadoras
Próximos Telefónica fornecerá WiFi em aviões da Vueling