Rede MPLS Comsat na NStarch


A indústria química National Starch, que produz polímeros naturais, adesivos e resinas para os setores alimentício e farmacêutico, contratou a subsidiária brasileira da Comsat para implementar uma rede MPLS para tráfego de voz e dados entre os sites da empresa, localizados em Jundiaí (SP), Palmital (SP), Trombudo Central (SC) e Curitiba (PR). A Comsat também …

A indústria química National Starch, que produz polímeros naturais, adesivos e resinas para os setores alimentício e farmacêutico, contratou a subsidiária brasileira da Comsat para implementar uma rede MPLS para tráfego de voz e dados entre os sites da empresa, localizados em Jundiaí (SP), Palmital (SP), Trombudo Central (SC) e Curitiba (PR). A Comsat também está fornecendo um link por satélite para back up, entre as fábricas de Jundiaí e Trombudos.

(Fonte: assessoria de imprensa, Comsat)

Anterior Sercomtel: cliente pode ligar de graça para a Alemanha.
Próximos No Brasil, tempo online cresce e estimula publicidade.