Receita líquida do Mercado Livre no Brasil cresceu 54%


O Mercado Livre divulgou o balanço financeiro para o primeiro trimestre do ano nesta sexta-feira, 06. A receita líquida da companhia foi de US$ 157,6 milhões, um crescimento de 6,4% em dólares e 75% em moeda constante. Excluindo Venezuela, o crescimento foi de 8,5% em dólares e 57% em moeda constante.

No Brasil, a receita líquida foi de US$ 77,5 milhões no período, um crescimento de 13% em dólares e de 54% em Reais. O crescimento da operação brasileira em moeda local mantém o país na média de 50% de crescimento trimestral desde o primeiro trimestre de 2015.

O EBITDA foi de US$ 37,2 milhões, queda de 35% em dólares, representando 23,6% da receita contra 35,8% no mesmo período do ano passado, excluindo efeitos não recorrentes. O lucro líquido ficou em US$ 30,2 milhões, queda de 12,6% em dólares.

A companhia intermediou a venda de 38,3 milhões de itens no período – um crescimento de 39,4% em comparação com o mesmo período do ano passado. O Brasil foi o principal país a contribuir com este resultado por ter apresentado um crescimento de 45,6% em itens vendidos no trimestre.

O valor total transacionado na plataforma (GMV – Gross Merchandise Volume) foi de US$ 1,8 bilhão, crescimento de 101,7% em moeda constante e de 8% em dólares. Foram realizadas 27,5 milhões de transações de pagamentos via Mercado Pago, o que representa um crescimento de 85,5% ano sobre ano. O volume total de pagamentos foi de US$ 1,38 bilhão, 108% de crescimento em moeda constante e 32,7% em dólares. (Com assessoria de imprensa)

 

Anterior Decreto com novo cronograma da TV digital deve sair até terça
Próximos Indústria eletroeletrônica retorna a patamar de 2006 em número de empregados