Receita líquida do Mercado Livre no Brasil cresceu 50%, em reais, em 2015


O site de intermediação de e-commerce Mercado Livre anunciou hoje, 01, os resultados financeiros correspondentes ao quarto trimestre e ao consolidado do ano fiscal encerrado em 31 de dezembro de 2015. A unidade do Brasil, maior mercado para a companhia, fechou o ano de 2015 com receita líquida de US$ 290,6 milhões – crescimento de 6% em dólares e de 50% em reais. Em 2014 a companhia cresceu 45% em reais em comparação com 2013.

Segundo Stelleo Tolda, Vice-Presidente Executivo e COO do Mercado Livre, 2015 foi um dos melhores anos da história da companhia. A visão para 2016 permanece positiva. “Manteremos nossos principais esforços focados na inovação e na cultura organizacional que coloca o cliente no centro das nossas ações”, afirma.

A receita líquida da companhia em 2015 foi de US$ 651,8 milhões, um crescimento de 17% sobre 2014. O lucro líquido do ano foi de US$ 105,8 milhões crescimento de 46% comparado a 2014.

Em 2015, 128,4 milhões de itens foram vendidos no Mercado Livre, um crescimento de 27% sobre 2014. O volume bruto gerado pelas transações no site (GMV) foi de US$ 7,2 bilhões.  O total de transações de pagamentos realizadas via Mercado Pago teve um crescimento de 73,7%, chegando a 80,4 milhões de operações e a um volume total pagamentos de US$ 5,2 bilhões.

Quarto trimestre
No quarto trimestre de 2015, 36,8 milhões de itens foram vendidos no Marketplace do Mercado Livre, um aumento de 27% sobre o mesmo período de 2014. O destaque foi o crescimento das operações na Argentina, de 58,2%. O volume bruto gerado pelas transações no quarto trimestre foi de US$ 2 bilhões, o que representa 85,8% de crescimento em moedas locais e 11,6% em dólares.

A receita líquida da companhia no quarto trimestre foi de US$ 180,7 milhões, um crescimento de 12% em dólares e de 69% em moeda constante ano contra ano. Excluindo a Venezuela, a receita líquida cresceu 13,6% em dólar e 51,3% em moedas locais. O crescimento da unidade de Marketplace foi de 63% em moeda constante e de 2% em dólares, enquanto a receita das outras unidades de negócio cresceu 79% em moeda constante e 30% em dólares, impulsionada principalmente pelo desempenho do MercadoPago, Envios e Publicidade. O lucro líquido no quarto trimestre de 2015 foi de US$ 39 milhões – crescimento de 14% em relação a 2014.

Anterior MiniCom admite decreto para mudar a concessão de telefonia
Próximos Delegado pode pedir nova suspensão do WhatsApp