Receita de Equinix sobe 35% no 2T frente ao ano passado


shutterstock_Niyazz_nuvem_datacenterA Equinix, companhia global de data centers e interconexão, anuncia os resultados do 2° trimestre deste ano – com fechamento em 30 de junho. O período inclui os resultados trimestrais completos da Bit-isle e da Telecity, que foram adquiridas em novembro de 2015 e janeiro de 2016, respectivamente e com a alienação de alguns data centers devido a determinação da Comissão Europeia.

 A receita de operações contínuas foi de US$ 900,5 milhões no segundo trimestre, um aumento de 7% em comparação ao período anterior e um aumento de 35% em relação ao mesmo trimestre do ano passado. Os resultados incluem US$ 144,5 milhões de receita com as aquisições da Bit-isle e da Telecity. As receitas recorrentes, provenientes principalmente de colocation, interconexão e serviços gerenciados, totalizaram US$ 851,8 milhões, um aumento de 7% em relação ao trimestre anterior e um aumento de 36% quando comparado ao mesmo período de 2015. As receitas não recorrentes somaram US$ 48,7 milhões no trimestre

“O segundo trimestre representou mais um bom desempenho da Equinix, uma vez que obtivemos tanto uma receita quanto um EBITDA ajustado acima das nossas metas e a empresa registrou seu 54º trimestre de crescimento consecutivo,” afirma Steve Smith, CEO da Equinix

 O EBITDA ajustado foi de US$ 420,3 milhões, um aumento de 10% sobre o trimestre anterior e um aumento de 35% sobre o mesmo período de 2015. O EBITDA ajustado inclui US$ 64,0 milhões referentes às aquisições da Bit-isle e da Telecity. 

 O resultado líquido de operações contínuas foi de US$ 39,3 milhões no segundo trimestre. Isto representa um lucro líquido básico e diluído por ação de operações contínuas de US$ 0,56.

 

A Equinix gerou um caixa de atividades operacionais de US$ 278,8 milhões no segundo trimestre, em comparação a US$ 104,3 milhões no período anterior. Foi utilizado um caixa de US$ 252,9 milhões em atividades de investimento no segundo trimestre, em comparação a US$ 1,3 bilhão no trimestre anterior, atribuído principalmente à aquisição da Telecity

Perspectivas de Negócios

 A meta da empresa inclui resultados previstos para a Telecity a partir de 15 de janeiro de 2016, para a Bit-isle durante todo o ano de 2016 e resultados operacionais incrementais relativos à compra dos data centers em Paris em 1º de agosto de 2016 por aproximadamente US$ 211,7 milhões.  Conforme já anunciado, a empresa alienou oito ativos, sete da Telecity e o data center LD2, para obter autorização regulamentar para a transação.

Para o terceiro trimestre de 2016, a empresa espera que as receitas variem entre US$ 915,0 e US$ 921,0 milhões. 

 Para todo o ano de 2016, espera-se uma receita total entre US$ 3.598,0 milhões e US$ 3.608,0 milhões, uma taxa de crescimento orgânica com câmbio constante de 13,8% no decorrer do ano. (assessoria de imprensa).

Anterior EBITDA da Positivo cresceu 168,3% no segundo tri
Próximos Oi questiona poder de assembleia convocada por minoritário