Receita da Telefónica cai 11,8% no trimestre


A Telefónica da Espanha comunicou ao mercado receita de 12,73 bilhões de euros no segundo trimestre, 11,8% menor que a registrada no mesmo período de 2013. Segundo a empresa, controladora da Telefônica Viva no Brasil, a redução no faturamento se deveu a flutuações cambiais e à venda da operação da República Checa. A receita menor não significou queda no lucro. A companhia teve ganhos de 1,21 bilhão de euros, 4,9% mais do que os lucros apresentados no segundo trimestre do ano anterior.

O mercado espanhol não ajudou. A receita local encolheu 9,1% em relação a 2013, ficando em 3 bilhões de euros. A empresa afirma, no comunicado, esperar que a oferta de novos pacotes quadplay, lançados em abril, reforcem o caixa para o próximo trimestre.

Na América Latina, excluindo o Brasil, cujos resultados foram apresentados ontem, a receita caiu 14,6, para 3,63 bilhões de euros. Ainda assim, a empresa considerou o resultado positivo, alegando crescimento da base de 11% graças a segmentos de alto valor e maior vendas em banda larga, tanto fixa, quanto móvel. A companhia continua a registrar mudança na fonte de receita em telefonia móvel. O uso de dados passou a representar 40% do total faturado pela divisão móvel, crescendo 9,2% na comparação anual.

Anterior Investimentos da Telebras somam R$ 236 milhões até junho
Próximos Telefônica e Ericsson testam transmissão de TV 4K no país